Cada dia que amanhece assemelha-se a uma página em branco, na qual gravamos os nossos pensamentos, ações e atitudes. Na essência, cada dia é a preparação de nosso próprio amanhã.



segunda-feira, 18 de outubro de 2010

I learn everytime I bleed...

Eu queria poder escolher no catálogo do amor a pessoa por quem eu gostaria de me apaixonar e queria pagar os juros pra se apaixonar por mim devolta. Mas amor acontece e não é a gente que escolhe...Não é como os amigos por exemplo, é uma coisa que pode levar anos, mas também pode levar segundos. E depois como faz pra esquecer essa pessoa se ela não liga pra você ? Queria poder fazer a devolução. E trocar por alguém que não fosse me machucar. No matter what you say about life, I learn everytime I bleed. Mas não tem como, se machucar é uma coisa inevitável. Se você sofre uma queda de um prédio, você se machuca, se você sofre uma queda...por uma pessoa...você se machuca também. E é assim e vai ser sempre, mas por mais que a gente diga que nos cansamos do amor e que não queremos mais saber...Antes de percebermos, já estamos lá de novo. E de novo. E de novo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário