Cada dia que amanhece assemelha-se a uma página em branco, na qual gravamos os nossos pensamentos, ações e atitudes. Na essência, cada dia é a preparação de nosso próprio amanhã.



segunda-feira, 16 de maio de 2011

O amor odeia clichês.

Você está no Tumblr, devorando alguns chocolates enquanto espera que o telefone toque, que uma mensagem chegue, ou que a janelinha dele apareça no canto inferior do seu monitor. E aí o telefone toca. E é a sua mãe, ou sua amiga perguntando se teve dever de casa pra amanhã. E você fica puta-da-vida. Mas, é aí que tá a graça. O amor não aparece na hora que você espera. O amor nunca vai chegar quando você quiser. Eu sou a prova viva que quanto mais você quer achar, ou ganhar alguma coisa, mais tempo isso demora pra se concretizar. O amor é assim. Acontece quando tem que acontecer, e aparece na hora que tem que aparecer. Ou não. Pensa comigo: você acabou de sair de um relacionamento, tá totalmente arrazada, ferida, e o cara mais-lindo-do-mundo chega bem em você e te chama pra sair. E daí? E daí que você está indisposta e não quer começar a amar outra pessoa. E esse cara poderia ser o amor da sua vida. É uma pena que tenha chego na hora errada. Então, depois de algumas semanas, você superou, e tá disposta a achar o amor novamente. Mas, o amor aparece quando você menos espera. Não adianta passar a noite inteirinha olhando pro cara mais-lindo-do-mundo, achando que ele vai ser o amor da sua vida, que o desgraçado nem vai perceber que você tá no mesmo lugar que ele. Tô mentindo?! E aí, na semana seguinte, tem a festa mais-foda-do-ano. E a tua mãe resolve te deixar de castigo, justo no dia da festa.E você chora. E você esperneia. E você faz manha. E você implora pra ela deixar você sem mesada, mas deixar você ir na festa. E a coroa não-deixa. Ok, aí você fica puta, porque toda a galera vai estar na festa, suas amigas vão flertar com os gatinhos e você não, e aí você pede pra tua mãe te levar pra alugar um filme, e nem passa pela sua cabeça que você vai encontrar o amor da sua vida bem na locadora. O amor é assim gente. Não adianta tentar fazer ele aparecer, que ele não aparece.É que nem procurar o CD que você deixou no porta-luvas do carro. Você vai procurar, vai procurar, vai procurar, e só vai achar quando parar de procurar. O amor da sua vida, pode sentar do teu lado na escola. O amor da sua vida, pode estar na fila da padaria. O amor da sua vida, pode estar na entrada de uma balada. O amor da sua vida, pode ser até o seu melhor amigo. O amor da sua vida, está em todos os lugares. Você quem não procura direito. O amor não tem hora, não tem lugar, e não tem jeito. Você não vai ouvir o “eu te amo” do amor da sua vida, no cinema, quando tudo estiver planejado. Você vai ouvir esse ”eu te amo”, quando estiver acabado de sair da academia, toda nojenta, suada e precisando de um banho. A  verdadeira graça do amor, é se surpreender. Então, vê se aprende: deixa rolar, e se surpreenda. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário